Eva percorrendo umas vezes estradas, outras veredas. Caminhando sempre com amor e a esperança de encontrar a porta certa. Parando de vez em quando para retemperar forças... admirar uma flor… uma paisagem… fazer novas amizades... e meditar... e reencontrar velhos amigos... e demais companheiros de jornada!
Quarta-feira, 16 de Maio de 2012

Ave Maria

(de Schubert e de Gounod)

 Mirusia Louwerse com Andre Rieu - Ave Maria

 

 Jackie Evancho - Ave Maria

 

The Carpenters (Karen e o irmão Richard)



publicado por eva às 19:27
Ora VIVA!!!

Já muita coisa ficou para trás, tudo culpa da azáfama! Sorry, sorry, sorry...

Eu adoro criticar. Nunca estranhes se me entusiasmar, pois a franqueza, às vezes turva-me a sensibilidade...

Antes de mais esta é uma das minhas músicas preferidas!

Já a ouvi cantada por muitos, pois como sabes é um dos meus fetiches!

Dentro desta seleção, a minha preferência vai para a Mirusia, envolta num espetáculo lindíssimo. Acreditas que de tanto estar concentrada nela, abstrai-me do local e, de repente, comecei a achar que a plateia estava muito desarrumada e com charutos pelo meio e tudo e só depois é que me apercebi que estavam sentados à volta de mesas. A "chorona" parecia irmã da cantora.

Creio que já um dia te disse que não subscrevo Fernando Pessoa quando este diz que "o melhor do mundo são as crianças". Só podia ser fruto de um estado alucinogénico...
Mas nutro especial carinho pelas crianças artistas!...Esta teve um bom perfil de entrada, mas no perfil de saída perdeu-se um pouco...
Quanto à minha querida Karen, cuja morte matou os Carpenters, não sinto que o género lhe assente...Ela era bem mais celestial quando cantava Carpenters...doce, doce...

ç multipluri

blue a 18 de Maio de 2012 às 01:13

Vivamos!
Ainda bem que comentaste o que me fez regressar ao post e detetar um erro. As Ave Maria são de Shubert e Gounod e só tinha referenciado o Gounod.
Gosto sempre de por diferentes versões em que uma delas seja menos convencional ou mais inesperada. De início até pensei pôr um segundo post com versões só tocadas. Uma em flauta de pan com a Dana Dragomir, outra em guitarra clássica pelo Michael Micarelli e ainda outra em bandolim pelo Jorge Aragão mas achei que era excessivo.
Estou a pensar em ir ao cinema em termos musicais. A propósito do post sobre o Bernardo Sassetti lembrei-me que seria interessante um percurso musical com temas que remetam imediatamente para um filme ou uma série. Quando ouvimos o Fame vem imediatamente à lembrança a série ou o filme, quando se ouve o Do Re Mi vemo-nos nos Alpes com o Sound of Music, É um projeto que devo começar ainda esta semana.

Ç no baú da memória
eva a 21 de Maio de 2012 às 15:06

Pois, pois, fizeste bem. Foi mesmo inesperado ver a Karen...

Muito giro o teu projeto, mas algo trabalhoso, não...?

Depende da proficiência...


ç aguardando a Mestre

blue a 21 de Maio de 2012 às 16:18

mais sobre mim
Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
14
15
17
18
19

20
21
22
24
25
26

27
28
29
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO