Eva percorrendo umas vezes estradas, outras veredas. Caminhando sempre com amor e a esperança de encontrar a porta certa. Parando de vez em quando para retemperar forças... admirar uma flor… uma paisagem… fazer novas amizades... e meditar... e reencontrar velhos amigos... e demais companheiros de jornada!
Quarta-feira, 30 de Maio de 2012

De Setembro a Dezembro de 2010 compus um alfabeto de compositores de A a Z.

Desta vez vou tentar um alfabeto de filmes ou séries. Não os filmes ou as séries mas os temas musicais.

A escolha é pelo sentimento da altura.

Numa alfabetação os números precedem as letras, por isso começo pelo celebrado 007 e pelos incontornáveis 2001 – A Space Odyssey e 1492 – Conquest of Paradise.

 

 

A autoria do tema de 007 é disputada por

John Barry e Monty Norman

  

 Para 2001, Stanley Kubrick usou a abertura de

Assim falou Zaratustra de Richard Strauss

que ficou indelevelmente ligada ao início do filme

  

Quanto a 1492, o tema é da autoria de

Evangelos Odysseas Papathanassiou, mundialmente conhecido como Vangelis



publicado por eva às 17:38
Quarta-feira, 23 de Maio de 2012

1179 - O Papa Alexandre III emite a bula Manifestis Probatum em que reconhece Portugal como Reino independente

 

"Alexandre, Bispo, Servo dos Servos de Deus, ao Caríssimo filho em Cristo, Afonso, Ilustre Rei dos Portugueses, e a seus herdeiros, in 'perpetuum'. Está claramente demonstrado que, como bom filho e príncipe católico, prestaste inumeráveis serviços a tua mãe, a Santa Igreja, exterminando intrepidamente em porfiados trabalhos e proezas militares os inimigos do nome cristão e propagando diligentemente a fé cristã, assim deixaste aos vindouros nome digno de memória e exemplo merecedor de imitação. Deve a Sé Apostólica amar com sincero afecto e procurar atender eficazmente, em suas justas súplicas, os que a Providência divina escolheu para governo e salvação do povo. Por isso, Nós, atendemos às qualidades de prudência, justiça e idoneidade de governo que ilustram a tua pessoa, tomamo-la sob a proteção de São Pedro e nossa, e concedemos e confirmamos por autoridade apostólica ao teu excelso domínio o reino de Portugal com inteiras honras de reino e a dignidade que aos reis pertence, bem como todos os lugares que com o auxílio da graça celeste conquistaste das mãos dos Sarraceno e nos quais não podem reivindicar direitos os vizinhos príncipes cristãos. E para que mais te fervores em devoção e serviço ao príncipe dos apóstolos S. Pedro e à Santa Igreja de Roma, decidimos fazer a mesma concessão a teus herdeiros e, com a ajuda de Deus, prometemos defender-lha, quanto caiba em nosso apóstolico magistério."

 

 

A independência de Portugal tem três momentos históricos:

1 – 26 de julho de 1139 - Dom Afonso Henriques de Borgonha, então Conde de Portucale, é aclamado internamente Rei de Portugal.

2 – 5 de outubro de 1143 - O Tratado de Zamora em que os reinos de Leão e Castela reconhecem Dom Afonso como Rei.

3 – 23 de maio de 1179 - Com a Bula Manifestis Probatum a independência de Portugal é definitivamente reconhecida pelo Papado, então a autoridade máxima nas relações internacionais. Por esta bula, o Papa reconhece o Rei de Portugal como seu vassalo direto.

 

Quanto aos tempos de hoje, impõe-se a chamada economia global. Em 2012, vale a pena ver  http://youtu.be/BvanjY-nFo8

 

 

Outros 23 de Maio

 

1498 - Girolamo Savonarola, frade dominicano, é condenado e queimado em Florença, Itália, por ordem do Papa Alexandre VI

 

Girolamo Savonarola escrevendo e meditando em reclusão

gravura pela A.H. Payne Publishers

(de: Dr. Nuno Carvalho de Sousa Private Collections - Lisboa)

 

 

1536 - É instituída a Inquisição em Portugal pelo Papa Clemente VII

 

Clemente VII (nascido Giulio di Giuliano de' Medici)

 

 

1734 - Nasce Franz Anton Mesmer, médico alemão, descobridor do magnetismo animal e do hipnotismo

 

 

 

1923 - Nasce Eduardo Lourenço (embora conste do assento de nascimento a data de 29 de Maio). Professor, filósofo, ensaísta literário, etc.

 



publicado por eva às 15:44
Quarta-feira, 16 de Maio de 2012

Ave Maria

(de Schubert e de Gounod)

 Mirusia Louwerse com Andre Rieu - Ave Maria

 

 Jackie Evancho - Ave Maria

 

The Carpenters (Karen e o irmão Richard)



publicado por eva às 19:27
Sexta-feira, 11 de Maio de 2012

Bernardo Sassetti - (Lisboa, Portugal - 24 Junho de 1970 - 10 Maio de 2012).

 

Singela homernagem com o vídeo My Funny Valentine que, segundo creio, é uma composição de Bernardo Sassetti para o filme "O talentoso Mr. Ripley".

 

My Funny Valentine (do filme The Talented Mr. Ripley)
composição de Bernardo Sassetti


publicado por eva às 18:26
Terça-feira, 08 de Maio de 2012

 

 

 

(Des)Armados

 

Armados da certeza que não morre,

Seremos sempre os filhos da verdade

E, sobre esta injustiça que nos cobre,

Semearemos cravos de vontade!

 

Armados, desarmados… como seja

Próprio ao desenrolar deste momento,

Anularemos jugo, insulto, inveja,

Daqueles que nos roubaram o sustento!

 

Cairão sob as armas que não temos

Quantos acreditarem que os tememos

E uns tantos que se vendem ao poder

 

Porque amanhã decerto venceremos

E (des)armados vamos porque cremos

Que quem de amor se armou, tem de vencer!

 

 

................................................................14.02.2012

 

In “Pequenas Utopias” de Maria João Brito de Sousa

 

 

No No lançamento de "Pequenas Utopias"

no Espaço Garrett em Grândola

   

  O 1º andar do Espaço Garrett em Grândola



publicado por eva às 11:52
Domingo, 06 de Maio de 2012

E obrigada a todas as mulheres que foram mães sem ter tido filhos!

 

Il Volo - Mamma


publicado por eva às 11:54
Quinta-feira, 03 de Maio de 2012

Maksim Mrvica completa hoje 37 anos. Nasceu em Sibenik, na Croácia, a 3 de Maio de 1975. É considerado um músico “crossover”.

Para quem gosta de música felizmente que há também o “estilo crossover”.

 

O termo Crossover significa uma mistura, algo que não se enquadra em nenhuma categoria (crossing over). O que não invalida que o próprio termo não acabe por designar um estilo próprio como se constata na indústria automóvel em que os “crossover” já constituem um segmento próprio. O mesmo aconteceu no mundo da música.

 

No mundo da música clássica assume-se que os Três Tenores iniciaram o estilo crossover na década de 90, o que significa ignorar o êxito popular de Mario Lanza na década de 50 com várias interpretações a atingirem o topo das tabelas de música pop. Mas assumindo os Três Tenores como referência para esta classificação, foi Freddy Mercury quem baralhou definitivamente a crítica com o «CD mais bizarro do ano» - “Barcelona” editado em 1988 e que conquistou todos os públicos. Em 1995 Vanessa-Mae, a menina-prodígio do violino, toca peças clássicas intercaladas com versões modernas e apresenta-se em palco ao melhor estilo duma pop star. O êxito é imediato e mundial e apesar de ser rotulada de “Lolita violinista” por muitos críticos, desperta o interesse de produtores que vão impulsionar o surgimento de novas formações de intérpretes e músicos clássicos a tocar música “crossover”. O êxito desta nova forma de abordar a música clássica leva também músicos a assumir individualmente uma nova postura em palco para com a música e o público.

Para quem tenha curiosidade sobre o tema, aconselho a leitura do artigo Crossover (music) da Wikipedia.

 

«O virtuoso não serve a música. Serve-se dela» - Jean Cocteau

 

Grieg - Concerto nº 1 para piano e orquestra (1º andamento)

 

Exodus – tema do filme com o mesmo nome

 

Rimsky-Korsakov - O voo do moscardo



publicado por eva às 00:18
mais sobre mim
Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
14
15
17
18
19

20
21
22
24
25
26

27
28
29
31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO