Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Caminhos de Eva

Caminhos de Eva

Eva percorrendo umas vezes estradas, outras veredas. Caminhando sempre com amor e a esperança de encontrar a porta certa. Parando de vez em quando para retemperar forças... admirar uma flor… uma paisagem… fazer novas amizades... e meditar... e reencontrar velhos amigos... e demais companheiros de jornada!
01
Mai11

Mafalda, a contestatária

eva

Em Portugal a “Publicações Dom Quixote” edita pela primeira vez a Mafalda em Maio de 1970.

A Mafalda, “enfant terrible” criada pelo argentino Joaquin salvador Lavado (Quino), começou por ser uma encomenda da Mansfield em 1963, uma empresa de artigos domésticos que desejava promover artigos para o lar e queria uma publicidade com uma família típica da classe média e que tivesse crianças. O cliente recusou a campanha e em Setembro do ano seguinte, Quino recupera a Mafalda para umas tiras no semanário “Primera Plana” onde marcarão presença durante seis meses. Em Março de 1965 a publicação prossegue no diário “El Mundo”. O título é profético pois as tiras da Mafalda iniciam um percurso verdadeiramente mundial: tradução em inúmeras línguas, edições de posters, cadernos escolares, bonecos, filmes de desenhos animados  e, em 1977, Mafalda e os seus amigos ilustram a «Declaração dos Direitos da Criança» a pedido da UNICEF.

 

 

Quino

 

 

Dia da Mãe

 

 

 

 

 

 

 


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.