Eva percorrendo umas vezes estradas, outras veredas. Caminhando sempre com amor e a esperança de encontrar a porta certa. Parando de vez em quando para retemperar forças... admirar uma flor… uma paisagem… fazer novas amizades... e meditar... e reencontrar velhos amigos... e demais companheiros de jornada!
Sexta-feira, 22 de Abril de 2011

Com o aproximar do verão o vestuário feminino fica mais leve (o masculino também) e quase todas as mulheres sonham com o emagrecimento; as farmácias agradecem e a indústria de cosmético ou de venda de sonhos rejubila.

Por razões completamente diferentes o Estado também precisa de emagrecer. O emagrecimento do Estado é sagrado para os neoliberais mas a sua receita é tão ineficaz como a da indústria de cosméticos: aplicam a mesma taxa a todos, menos 5% ou menos 10%, etc. Para os de cima não faz diferença,  mas os de baixo emagrecem contra a sua vontade.

É deste método cego que os neoliberais adoram mas existem outros métodos mais eficazes e menos injustos.

O emagrecimento do Estado faz-se de cima para baixo, com canivete fininho, eliminando as sucessivas camadas de assessores, consultores, secretárias, gabinetes de imprensa, automóveis topo de gama, cartões de crédito, telemóveis, motoristas, subsídios vários e outras mordomias, resumindo, eliminado os tachos de boy e girles.

Depois segue-se a extinção de institutos, fundações, participações variadas, empresas municipais e outras confusões de que mal temos notícia.

O mesmo se diga da Administração Regional e Local. Este método é mais doloroso porque atinge em cheio as clientelas partidárias, amigos e parentes.

Paços Coelho diz que quer um governo pequeno, apenas com dez ministros. Até podiam ser só cinco, o problema não reside no número de ministros mas nos actos de gestão. Com memos ministros podem continuar a fazer-se Parcerias Público Privadas, derrapagens orçamentais nos concursos, mais aeroportos em Beja, etc., etc. … e os boys e girles podem entrar para outros cargos.

Este método é o único que pode mobilizar os portugueses porque vêem que a crise também chegou ao de cima, exactamente de onde devem partir os exemplos.

 

P.S.

Os figurões do planeta do futebol irão continuar a acender charutos com notas de €500,00 ?

 

Origens em  http://artesaoocioso.blogs.sapo.pt/534336.html




publicado por eva às 20:43
mais sobre mim
Agosto 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
29
30
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO